• (61) 3298-8317
  • Brasília, DF
  • Email: contato@feneauto.org.br

Ofício da Feneauto ao Ministério da Economia pede prorrogação do Pronampe e dos programas emergenciais de manutenção do emprego e renda

Medidas do governo federal para minimizar os impactos da pandemia acabaram no final de 2020. Feneauto pede prorrogação por pelo menos mais seis meses.

Por Feneauto
03/02/2021 às 10h41 — Atualizado em 03/02/2021 às 12h04

Ofício da Feneauto ao Ministério da Economia pede prorrogação do Pronampe e dos programas emergenciais de manutenção do emprego e renda
Ofício da Feneauto ao Ministério da Economia pede prorrogação do Pronampe e dos programas emergenciais de manutenção do emprego e renda

A Feneauto protocolou Ofício nesta quarta-feira (03) no Ministério da Economia solicitando a prorrogação das medidas e benefícios criados pelo governo federal para minimizar os impactos da pandemia de coronavírus, que teve início em fevereiro de 2020.

As medidas tinham validade durante o estado de calamidade pública, período compreendido entre 20 de março de 2020 e 31 de dezembro de 2020, anunciado pelo governo federal por meio do Decreto Legislativo nº 06/2020.

Com o fim do decreto, as medidas que permitiam a suspensão e redução da jornada de trabalho, assim como a linha de crédito do Pronampe acabaram. Veja a seguir os pedidos da Feneauto elencados no Ofício.

• Prorrogação do prazo de adesão ao Pronampe (Lei 13.999/2020 – Art.3º), por no mínimo mais seis meses, sem alterar as condições de pagamento e juros.

• Prorrogação do prazo de carência concedido pelo Fundo Garantidor das Operações de Crédito do PRONAMPE para no mínimo 12 (doze) meses, momento em que se acredita coincidir o pagamento da primeira parcela da operação de crédito com a flexibilização das medidas de isolamento social e quarentena bem como retorno das atividades empresariais;

• Prorrogação dos Programas Emergenciais de Manutenção do Emprego e Renda (Lei 14.020/2020), por pelo menos mais 06 (seis) meses, período no qual acreditamos que o plano nacional de vacinação esteja em fase avançada de imunização da população e as medidas de isolamento e quarentena já estejam mais flexíveis.

• Reedição em norma federal de qualquer natureza, da autorização para recolhimento diferenciado do fundo de garantia por tempo de serviço, permitindo que os depósitos referentes a verba fundiária do primeiro semestre sejam efetuados no segundo semestre, se incidência de juros e encargos, em modelo semelhante ao estabelecido pela Medida Provisória 927/2020.

• Republicação da Resolução 155 do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN), permitindo que os impostos apurados neste primeiro semestre sejam pagos no segundo semestre de 2021, sem a incidência de encargos e juros.

+ Clique aqui e leia o Ofício da Feneauto na íntegra

Mais notícias
Veja como foi a live da Feneauto sobre as alterações no CTB Mudanças trazidas pela Lei 14.071/2020 entram em vigor a partir desta segunda (12).
Inscreva-se no curso sobre as alterações do CTB e participe da live da Feneauto e AND nesta sexta-feira (9) Curso elaborado pelo especialista em legislação de trânsito, Julyver Modesto de Araujo, reúne as alterações do Código de Trânsito Brasileiro que entram em vigor a partir de 12 de abril de 2021.
Mudanças do CTB A Feneauto solicita informações para o Denatran/Contran quanto a regra de transição para as alterações feitas pela Lei 14.071/20 no CTB que entram em vigor a partir do dia 12 de abril.
Ofício-Circular do Denatran orienta órgãos de trânsito quanto às prorrogações dos prazos de trânsito publicadas pelo Contran Ofício apresenta ainda tabela em anexo com as prorrogações dos prazos de trânsito de cada estado.
Portarias do Contran prorrogam prazos de processos e procedimentos de trânsito em vários estados Portarias do Contran de n. 202 a 208/21 foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira (24).
Governo prorroga pagamento do Simples Nacional por 90 dias A medida, que inclui também o microempreendedor Individual (MEI), beneficia mais de 17,3 milhões de contribuintes.

Feneauto e Sindicatos Estaduais juntos para representar e aprimorar o setor de Autoescolas

Estamos à disposição para receber comentários, elogios, críticas e sugestões.