• (61) 3298-8317
  • Brasília, DF
  • Email: contato@feneauto.org.br

Exigência de nível superior para diretores de Autoescola: saiba o posicionamento da Feneauto

Feneauto protocola Ofício no Denatran solicitando providências quanto a exigência de nível superior para diretores geral e de ensino e pede manutenção dos profissionais credenciados anteriormente a publicação da Resolução Contran 358/10.

Por Feneauto
13/03/2020 às 12h52 — Atualizado em 16/03/2020 às 15h40

Exigência de nível superior para diretores de Autoescola: saiba o posicionamento da Feneauto
Exigência de nível superior para diretores de Autoescola: saiba o posicionamento da Feneauto

A Feneauto protocolou Ofício solicitando providências do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) em relação a exigência contida no Resolução Contran 358/10 (Art. 46, §1º), que estabelece prazo até 13 de agosto de 2020 para comprovação de nível superior dos diretores e examinadores de trânsito.

Vale ressaltar que desde a publicação dessa exigência, em 2010, a Feneauto vem atuando ativamente para buscar o melhor entendimento com o objetivo de minimizar os efeitos para os profissionais já credenciados no setor.

Para os sindicatos estaduais, neste momento não cabe uma nova prorrogação, mas sim a consolidação dessa exigência e que os diretores que estavam devidamente credenciados junto aos Detrans anteriormente a publicação da Resolução Contran 358, em 13 de agosto de 2010, estejam preservados, sem a necessidade de comprovação de nível superior.

“Reconhecemos a disposição e o mérito daqueles profissionais que buscaram a adequação e concluíram a graduação em nível superior, e que é natural que esses profissionais se sintam frustrados, no entanto, é dever dos sindicatos estaduais e da Feneauto preservar a atividade profissional de todos os envolvidos no nosso setor”, diz Magnelson Carlos de Souza, presidente da Feneauto.

É importante destacar que desde 2010 o ingresso de novos nas Autoescolas/CFC’s para atuarem como diretor geral ou diretor de ensino exige a comprovação de nível superior. “Esses novos profissionais que já contam nível superior representam um avanço para o nosso setor, assim como aqueles diretores anteriores a 2010 que também buscaram essa graduação e que vem continuamente qualificando o processo de formação de condutores”, comenta Magnelson Carlos de Souza.

Mais notícias
Câmara dos deputados aprova e PL 3267/19 segue para sanção de Bolsonaro Projeto de lei altera pontuação e validade da CNH e também acaba com obrigatoriedade das aulas noturnas e prazo de espera para remarcação dos exames teórico e prático.
Contran publica portaria que suspende prazo dos processos de habilitação por tempo indeterminado No início da pandemia, Contran ampliou prazo de validade dos processos para 18 meses. Feneauto vinha solicitando nova ampliação e até mesmo suspensão temporária do prazo.
Nobre deputado Kim Kataguiri, se as autoescolas são uma 'máfia', do que devemos chamar a classe política? O deputado Kim Kataguiri (DEM/SP) utilizou suas mídias sociais para rotular as autoescolas de ‘máfia’ ao apresentar seu projeto de lei. O deputado demonstra profundo desconhecimento sobre o regime de credenciamento das autoescolas e generaliza um setor com mais de 14 mil empresas e que gera mais de 120 mil empregos.
Semana Nacional de Trânsito 2020: Feneauto lança campanha para estimular reflexão sobre o trânsito em sala de aula nas autoescolas Campanha digital leva mensagens que são presentes no dia a dia das autoescolas, instrutores, futuros condutores e daqueles que já são habilitados.
Contran publica seis novas resoluções; Julyver analisa O especialista em legislação de trânsito, Julyver Modesto de Araújo, comenta as novas resoluções publicadas pelo Contran.
Aprovação do Projeto de Lei 3267/2019 no Senado O especialista em legislação de trânsito, Julyver Modesto de Araújo, comenta a aprovação do PL 3267/2019 no Senado.

Feneauto e Sindicatos Estaduais juntos para representar e aprimorar o setor de Autoescolas

Estamos à disposição para receber comentários, elogios, críticas e sugestões.